Como melhorar o fluxo sanguíneo no pênis

Como melhorar o fluxo sanguíneo no pênis? Por que a boa circulação é tão importante?

Como você provavelmente sabe, a circulação sanguínea desempenha um papel fundamental na ereção do pênis.

Como ter ereções mais firmes

Isso é porque é o fluxo sanguíneo que permite que você fique em pé. O pênis tem algumas câmeras, conhecidas como tecido erétil. Quando o sangue entra no corpo cavernoso, a ereção ocorre.

Uma boa circulação é vital para a ereção. Então, se você está fazendo bem o seu sistema circulatório, você pode aumentar o fluxo sanguíneo das ereções masculinas.

Como melhorar o fluxo sanguíneo no pênis

  • Exercício

    O exercício regular manterá seu coração saudável. Isso permite que você bombeie o sangue com mais facilidade para todo o seu corpo, incluindo seu pênis. De fato, estudos mostraram que o exercício aeróbico tem um efeito positivo no tratamento da disfunção erétil.

    Alguns dos exercícios que você pode fazer são correr, correr, nadar ou andar de bicicleta. Não apenas sua libido e seu desempenho sexual melhorarão, mas seu parceiro achará mais atraente assim que você começar a ficar em forma.

  • Comendo bem

    Além de um plano de treinamento, você precisa mudar sua dieta para o benefício de sua saúde sexual.

    Uma maneira de aumentar o fluxo sanguíneo para o pênis é comer cebola e alho. Além disso, o alho é ideal para uma boa ereção. Não se preocupe com os efeitos em sua respiração.

    Para uma boa saúde sexual, você precisa controlar a pressão alta. Uma maneira de conseguir isso é consumir alimentos com alto teor de potássio, como: B. bananas.

    Para melhorar a circulação sanguínea, é claro, coma alimentos condimentados, como pimenta e páprica, que combatem a hipertensão e a inflamação.

    Outra maneira de fazer isso é ingerir muitos ácidos ômega-3 encontrados em alimentos como o atum.

    Reduza seu nível de estresse comendo ovos que equilibram seus níveis hormonais.

  • Controla o estresse

    O estresse reduz sua libido. Além disso, a frequência cardíaca aumenta negativamente (3), o que leva a um aumento da pressão arterial e reduz o desempenho e o desejo por sexo.

    Você pode aperfeiçoá-lo praticando, meditando ou praticando seus passatempos favoritos.

  • Evitar o tabaco

    O tabaco reduz o fluxo sanguíneo no seu corpo, bloqueando os vasos sanguíneos. Por causa disso, os fumantes têm ereções fracas e não atingem o mesmo potencial que os não fumantes e muitos sofrem de disfunção erétil.

  • Massagem

    As massagens são uma excelente maneira de aumentar o sangue que chega ao pênis. Tente massagear seu pênis e área circundante para melhorar a circulação sanguínea na área.

    Não se apresse em dar a massagem, tente relaxar e dedique seu tempo para obter melhores resultados.

  • Teste com remédios à base de ervas

    Os remédios à base de ervas são uma excelente solução para aumentar a circulação sanguínea e a saúde geral. Há uma variedade de adições que você pode experimentar, como

    Ginseng

    O ginseng é uma erva chinesa usada há séculos para tratar a disfunção erétil. Estudos mostraram sua eficácia no combate à disfunção erétil e na melhora da circulação sanguínea.

    Xtrasize

    O Xtrasize é um remédio para impotência feito com ervas que aumentam o fluxo sanguíneo em todo o corpo, reduzindo a probabilidade de sofrer de problemas cardíacos, além de ereções mais longas e firmes. Saiba onde comprar e quanto custa o Xtrasize para ter ereções mais firmes.

    xtrasize resultados

    Pimenta caiena

    Este calor da pimenta caiena é uma indicação de como ela estimula a circulação do sangue por todo o corpo. Este tempero simples, mas muito saudável, não só aumenta o fluxo sanguíneo, como também ajuda a eliminar a placa aderente às artérias e melhora a função cardíaca.

Aplique estas dicas em sua vida diária e você verá como isso melhora o fluxo sanguíneo em seu pênis e a qualidade de suas ereções!

Referências:

  1. NCBI: Fisiologia da ereção peniana e fisiopatologia da disfunção erétil
  2. NCBI: circulação arteriolar em pacientes com disfunção erétil
  3. NCBI: tabagismo e disfunção erétil

Comments are closed.